Coaching

  • Prospecção O Colecionador de Nomes

    Autor: Rodrigo De Los Reyes Clemente

     Já parou para pensar o quanto estamos sempre ansiosos pelo fim? Você inicia seus estudos em uma universidade esperando pelo diploma, em muitas vezes durante cada aula se pega olhando as horas e contando quanto falta para o intervalo. No dia a dia, pega o carro na volta do trabalho esperando ansioso o momento de chegar em casa e quando chega nem ao menos lembra quais as músicas que tocaram durante o percurso, parece que o carro foi sozinho. Durante a semana, espera pela sexta-feira como se fosse o melhor dia ou dia especial. Durante o mês, faz as contas para o dia do pagamento, durante o ano, espera pelas férias. E mesmo nas férias quando está viajando se pega dizendo “estou com vontade de voltar para casa”. Sem dúvida isso tem acelerado o tempo e nos trazido enormes prejuízos. Acostumamos a esperar pelo fim e a gostar do fim, como se ele fosse a solução ou como se fosse melhor do que o começo ou o meio. Esquecemos pouco a pouco o valioso poder do presente, que leva esse nome por ser um verdadeiro presente que ganhamos a cada segundo. Não percebemos, mas cada tempo que vivemos esperando por um outro momento, momento é, na verdade, um tempo não vivido.

    A área comercial e todos os profissionais de vendas tornaram-se vítimas notórias do fenômeno do imediatismo e a busca pelo fim. O prazer e a energia são direcionados apenas para o momento da venda, esperam um atalho, uma fórmula mágica de sucesso. Esses profissionais sem perceber tornaram-se previsíveis, olham para um prospect e enxergam sua meta, sua comissão, o pagamento de suas contas. O pior é que as próprias empresas valorizam essas atitudes mesmo sem perceber, uma vez que cobram a ação final do vendedor, que é o fechamento do negócio. Sem dúvida essa situação é o principal motivo dos baixos desempenhos em prospecção.

    Desta forma, aos poucos, os vendedores criam frustrações com muitas formas de prospectar por não entenderem que prospectar não é vender e cada modalidade de prospecção deve ser traduzida em pequenos objetivos; por exemplo, quais as chances de você efetuar uma venda batendo de porta em porta? Agora a chance de trocar cartão com o prospect é maior; ao ligar para marcar uma visita, você já tem um pequeno lastro e a chance de ser recebido é grande. O Colecionador de Nomes traz em seu corpo um verdadeiro treinamento sobre prospecção de clientes. Esse livro mostra ao leitor que prospectar é um exercício diário e infinito, é um processo e não uma arte. Veremos que prospectar significa primeiro direcionar seu pensamento para a prospecção, depois transformar a meta em objetivos, o quê em como, para cada modalidade de prospecção. Em seguida estar preparado para prospectar e, principalmente, montar uma rotina de trabalho com uma agenda voltada à prospecção, uma ferramenta para acompanhamento de cada modalidade de prospecção e cada ação dentro da modalidade e uma ferramenta de checagem para sua avaliação. 

  • Vida em Movimento: life coaching

    Autor: Elisabeth Bierbauer

    Este livro é fruto de uma visão inspiradora e sensível da importância dos ensinamentos de experiências humanas, para o nosso crescimento. Nesta época em que o mundo passa por certas diculdades, tanto financeiras como emocionais podemos tomar conhecimento da força do pensamento positivo como meio de vitória ou derrota, sendo esta basicamente resultado de um pensamento muitas vezes negativo. Com estas informações, a autora os convida a repensar sua conduta e a descobrir uma forma mais tranquila de alcançar seus sonhos; e apenas com esta leitura, sua força do pensamento positivo pode fazê-la saltar por cima dos obstáculos que se colocam frente à sua vitória ou a qualquer de seus propósitos.

  • Em Busca de Eficiência e da Eficácia Na Implementação de Projetos

    Autor: Daniela Rita Fonseca & Sebastião Guimarães

     NORMA ABNT NBR ISO 21500: 2012

     

    Nesse livro, os autores oferecem um guia completo do processo de planejar e organizar os projetos que você encontra cotidianamente – e mesmo aquelas tarefas imensas que acontecem uma vez por ano, ou uma vez na carreira. Os professores Kanabar e Warburton, referências na área de gestão de projetos, mostram como: 

    Criar um plano de projeto preliminar para obter o máximo de resultados. 

    Alocar pessoal para um trabalho de equipe efetivo. 

    Comunicar-se efetivamente para manter seu projeto no prazo e no orçamento

     

  • A Felicidade não tem idade

    Autor: Teka Jorge

     Teka Jorge Teka Jorge trabalha na área compor-tamental há mais de 25 anos. Escritora já há 11 anos, lançou diversos livros de auto-conhecimento. Tendo estudado PNL (Programação Neuro Lingüísti-ca), Teka atua como terapeuta holística, conciliando várias técnicas terapêu-ticas para ajudar as pessoas, por meio de sessões individuais e vivências, a encontrar seu caminho ou realizar uma mudança em suas vidas. Este livro aborda as técnicas que tor-nam o seu trabalho especial. “Amo o que faço, e espero não parar nunca , pois cresço a cada dia com as pessoas que atendo e o seu mundo”. Tenho certeza de que todos irão gostar dessa obra, que conta de forma transparente um pouco da história de algumas pessoas que resolveram “arriscar” e investir em seus sonhos. Heloisa Sciarreta

Desenvolvedor SA DesenvolvedorSA & ArpaDesign arpaDesign © Editora Nelpa | Todos os direitos reservados.