Administração

  • Tornando sua empresa um sucesso

    Autor: Nilson Antonio Bessas

     Esta obra, embora venha atender a empresários e empresas de todos os portes, foi desenvolvida, principalmente, para atender à realidade das Microempresas e de seus extraordinários Microempreendedores. 

    O autor  não tem a pretensão de ensinar teorias e técnicas de Administração, uma vez que isto somente seria possível se aprofundasse mais cada assunto. Seu intuito é despertar você para os vícios que levam ao fracasso e para os fatores que determinam o sucesso. 

     

    Portanto, a leitura, além de ser agradável, retrata a realidade de quem decide empreender, trazendo à tona, a importância de se aplicar, a qualquer tipo de negócio, uma gestão ética, pró-ativa e posicionada, pautada em procedimentos estratégicos que visem à eficácia dos resultados. 

     

     ‘’O autor apresenta neste livro, temas como empreendedorismo, inovação, gestão e fatores de sucesso ou fracasso de empreendimentos de forma clara e direta, sem ser simplista, passando para o leitor a sua experiência de empresário e empreendedor social, presidente de uma cooperativa de crédito de empresários, comprometido com os sonhos dos leitores que empreendem ou pretendem se realizar por meio da criação de seus negócios. Os principais conceitos acadêmicos da administração, empreendedorismo e microeconomia são trabalhados nesse livro sem ficar preso a fórmulas ou jargões de publicações científicas. Certamente essa publicação irá contribuir com o desenvolvimento dos leitores e seus empreendimentos.’’

    Alessandro Flávio Barbosa Chaves 

    Gerente da Unidade de Acesso a Serviços Financeiros do SEBRAE-MG


    ‘’As opiniões e conceitos são, muito, de cunho pessoal e retratam no seu ponto de vista, uma maneira sadia de realizar com sucesso um empreendimento. Gostei muito ao referir-se de modo quase romântico que a principal ferramenta para perenização de qualquer negócio é a paixão e ela é sem dúvida alguma, o segredo para vender.’’

    Luiz Gonzaga Viana Lage 

    Diretor Presidente do Sicoob Central Cecremge 


    ‘’Excelente para quem quer iniciar um negócio.’’

    Jussier Ramalho 

    Empresário, Palestrante e Autor do Best-Seller: Você é sua melhor marca 


    ‘’É com grande sabedoria e amor ao trabalho, que este jovem conseguiu neste livro expressar sua experiência de maneira clara, prática e verdadeira para os novos empreendedores que querem ter uma vida de sucesso e sonhos realizados.’’

    Márcia Helena Robatine Dias

    Diretora das lojas Machine Baby e Cláudia Veste

  • Poder, energia e economia: as consequências geopolíticas de um mundo viciado em Petróleo e Dólar.

    Autor: Edgar Santos Medeiros Dessoy

     Eu comecei a pesquisa em 2006 e concluí somente em 2018. Os conflitos atuais permitiram chegar a esse título.

    O homem deixou de ser “um simples animal”. Passou a controlar o fogo, criou ferramentas, aprendeu a cultivar as plantas, domesticar os animais e resolveu escravizar sua própria espécie. O direito natural explica esse fenômeno. Os europeus usaram a Teoria da Evolução da Espécie. 
     
    Controlar os mares. Invadir se necessário, construir colônias, tomar suas riquezas e escravizá-los.
     
    O mundo gira em torno de três indústrias:
       1- Petróleo: 10% economia e 90% Geopolítica
       2- Arte da Guerra: Após a Segunda Guerra Mundial acabou-se todas as colônias. Por que os conflitos ainda continuam?
       3- Guerra do Ópio: Iniciou com o fatiamento da China e até hoje continua espalhado em todos os continentes.
     
    Guerra Fria. Alguém se lembra dessa frase? O inimigo do meu inimigo é meu amigo! Os conflitos atuais foram criados na década de 1980 com a desregulamentação da economia.
     
    Os americanos ignoraram o equilíbrio fiscal em busca do petróleo no Iraque e recursos naturais no Afeganistão. Isso ocasionou a ruína de sua economia.
     
    No governo seguinte resolveu acabar com as duas guerras e iniciar outras: como a Síria, Líbia, Venezuela, Irã, Coreia do Norte, Guerra Comercial com a China e sansões contra a Rússia. Enfim, dois países se uniram para acabar com a hegemonia do dólar
    Os EUA criaram a Nova Geopolítica do petróleo, com o Gás de Xisto. No Brasil, o bilhete premiado revelou um enorme pesadelo porque escondia uma falha de mercado.
     
    Petróleo só pode ser negociado em dólar. 
     
    Enfim, petróleo é uma bênção ou maldição? 
    Muito Obrigado. 
  • Energia e transportes: uma opção de logística integrada no Brasil

    Autor: Edgar Santos Medeiros Dessoy

     O Brasil passa por um momento de reflexão, pois ainda não conseguiu resolver dois problemas que impacta na perda de competitividade. O objeto desse estudo é analisar o que o país tem feito para resolver duas áreas estratégicas para se promover o desenvolvimento: transportes e energia. Optou-se pelo ano de 1950 como início dos estudos porque foi uma década onde teve os estudos do Cepal e se deu a criação da

    Petrobrás em 1953. Poucos anos depois surgiu o Plano de Metas de Juscelino Kubistchek com a ideia de fomentar o desenvolvimento de 50 anos em cinco. Aborda também a falta de investimento da iniciativa privada até o ano de 1991 com a abertura comercial de Fernando Collor. O Brasil passou por mudanças profundas com o objetivo de trazer de volta a iniciativa privada para investir na melhoria da infraestrutura do
    país. Várias agências reguladoras foram criadas, iniciativas de parcerias público-privadas, e finalmente o Programa de Aceleramento ao Crescimento (PAC) e o Pré-sal. O objetivo do trabalho é mostrar que o uso indevido da matriz de transporte impacta diretamente no aumento de energia A metodologia utilizada é descritiva e qualitativa, utilizando dados históricos e comparativos. Na análise do estudo, observa-se que o Brasil pode aproveitar e expandir a potencialidade da cana de açúcar e produzir açúcar, etanol, biodiesel, bioqav e bioeletricidade. A mudança na matriz de transportes poderá
    fazer também com que o país reduza drasticamente o consumo de derivados de  petróleo, e se transforme num exportador de petróleo e derivados. Por fim, verificou-se que o aumento da produção de petróleo e derivados no país tem 14 importância estratégica, mas o efeito dessa política tem melhor resultado com o equilíbrio de sua matriz de transporte e sua infraestrutura produtiva.
  • Energia e transportes: uma opção de logística integrada no Brasil

    Autor: Edgar Santos Medeiros Dessoy

     O Brasil passa por um momento de reflexão, pois ainda não conseguiu resolver dois problemas que impacta na perda de competitividade. O objeto desse estudo é analisar o que o país tem feito para resolver duas áreas estratégicas para se promover o desenvolvimento: transportes e energia. Optou-se pelo ano de 1950 como início dos estudos porque foi uma década onde teve os estudos do Cepal e se deu a criação da

    Petrobrás em 1953. Poucos anos depois surgiu o Plano de Metas de Juscelino Kubistchek com a ideia de fomentar o desenvolvimento de 50 anos em cinco. Aborda também a falta de investimento da iniciativa privada até o ano de 1991 com a abertura comercial de Fernando Collor. O Brasil passou por mudanças profundas com o objetivo de trazer de volta a iniciativa privada para investir na melhoria da infraestrutura do
    país. Várias agências reguladoras foram criadas, iniciativas de parcerias público-privadas, e finalmente o Programa de Aceleramento ao Crescimento (PAC) e o Pré-sal. O objetivo do trabalho é mostrar que o uso indevido da matriz de transporte impacta diretamente no aumento de energia A metodologia utilizada é descritiva e qualitativa, utilizando dados históricos e comparativos. Na análise do estudo, observa-se que o Brasil pode aproveitar e expandir a potencialidade da cana de açúcar e produzir açúcar, etanol, biodiesel, bioqav e bioeletricidade. A mudança na matriz de transportes poderá
    fazer também com que o país reduza drasticamente o consumo de derivados de  petróleo, e se transforme num exportador de petróleo e derivados. Por fim, verificou-se que o aumento da produção de petróleo e derivados no país tem 14 importância estratégica, mas o efeito dessa política tem melhor resultado com o equilíbrio de sua matriz de transporte e sua infraestrutura produtiva.

     

  • Sucesso na conquista de emprego: entendendo o mundo da procura de trabalho para fazer a coisa certa

    Autor: Tomás Arregui

      Nesta obra, essencialmente prática, um verdadeiro guia para quem está em transição de carreira, Tomás Arregui, experiente consultor, compartilha, em linguagem agradável e sem segredos, toda a sua

    experiência em orientar profissionais na busca de novas oportunidades de trabalho, de forma didática e estruturada. O ponto-chave que mais chama a atenção neste genuíno manual é o passo a passo que profissionais devem seguir para:
     
     Superar os momentos do fim de uma relação de emprego e recompor-se para o trabalho de recolocação;
     
    Aproveitar ao máximo o momento da transição para inventariar sua carreira e preparar-se para novas conquistas; 
     
    Maximizar as possibilidades de abrir novas portas, aprender a conviver com alguns “nãos” até o “sim” definitivo, que finaliza essa transição.
     
    Recomendo este livro a todos que precisam entender como tratar de recolocação profissional, em qualquer nível organizacional, em tempos de abundância de empregos ou escassez de empregos.
     
    Dino Mocsányi
     
    Empresário e consultor, mentor do Portal Consultores. Foi vice-presidente LATAM da Philip Crosby & Associates, Sócio da Coopers & Lybrand, diretor executivo da De Nadai Alimentação e da GRSA, executivo na Motorola, Siemens e Mangels. Foi presidente do INMETRO, presidiu o CONMETRO e é autor de três livros: “Consultoria: O caminho das pedras”, “Consultoria: como vender, o que fazer” e “Mudanças em minha vida outra vez! Como fazer transições positivas!”.
  • Faça a Diferença: seja líder em saúde e segurança

    Autor: Andreza Araujo

     Andreza Araujo desenvolve há mais de uma década sua carreira em multinacionais de bens de consumo situadas na América Latina. Ao longo de sua gestão, vem capitaneando uma série de ações voltadas á sustentabilidade, á Saúde e à Segurança. 

1 2
Desenvolvedor SA DesenvolvedorSA & ArpaDesign arpaDesign © Editora Nelpa | Todos os direitos reservados.